segunda-feira, 18 de novembro de 2019

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Cidades com atitudes ambientalmente corretas! Exercício 6º ano!

As cidades a seguir adotaram em seu cotidiano atitudes ambientalmente corretas. Associe esses lugares às respectivas práticas sustentáveis adotadas por eles.

( A ) Reykjavik – Islândia
( B ) Freiburg – Alemanha  
( C ) Vancouver – Canadá 
( D ) Thisted – Dinamarca



(    ) Essa cidade utiliza 100% de energia renovável, aproveitando tanto a energia eólica, como solar, geotérmica e também a biomassa.
(    ) A maior parte do transporte coletivo utilizado nessa cidade é elétrico ou híbrido, o que reduz de modo significativo a emissão de poluentes na atmosfera. 
(    ) Devido à existência de grandes fontes termais, essa cidade utiliza a energia geotérmica, menos poluente, como fonte de energia.
(    ) A emissão de gases de efeito estufa foi reduzida com a participação de empresas do setor privado.

domingo, 10 de novembro de 2019

Dia da Bandeira do Brasil!


HINO DA BANDEIRA!







CERIMÔNIA DIÁRIA DE HASTEAMENTO E ARRIAMENTO DA BANDEIRA NACIONAL!








DIA DA BANDEIRA - EXÉRCITO BRASILEIRO!





MAIS INFORMAÇÕES? ACESSE O SITE DO EXÉRCITO BRASILEIRO:

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Atividade 8º ano!

Com relação às regiões polares, estabeleça a associação.


( A ) Polo Norte
( B ) Polo Sul


(    ) Onde está localizada a Região Ártica.
(    ) Conquistado por Roald Amundsen em 1911.
(    ) Abrange terras da América e da Eurásia.
(    ) Onde está localizado o Continente Antártico.

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Encerramos mais uma etapa!

Sabe aquele bimestre que vc queria ter mais um tempinho? Pra propor mais algumas atividades práticas? Então... Não deu!!!! O jeito é encaixar aquilo que estava nos planos, agora, nos últimos meses do ano letivo!!! Vamo que dá!!! Essa foto foi feita após a reunião de pais do 3º bimestre!!!
Com Cristiane Paludeto, Miclhele Reinalldi, Rubya Louise e Ana Paula Bortoloto.

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

CLIMAS DA TERRA



ESTAÇÕES DO ANO!


TIPOS DE MIGRAÇÕES!

É bom saber que as migrações, independentemente das classificações, possuem papel preponderante na organização do espaço, nas relações sociais e na construção da cultura. As pessoas, quando migram, carregam consigo todos os elementos que a constituíram, como sua história, memória e cultura. Ao chegar ao novo local de moradia, esses elementos interagem com a cultura e história locais e daí surgem novos e ricos tipos de relações entre as pessoas e das pessoas com o espaço vivido.

  • Migração pendularé um fenômeno que não se trata propriamente de uma migração, pois é uma transferência momentânea, diária. É caracterizada pelo deslocamento diário de pessoas para estudar ou trabalhar em outra cidade, estado ou país. Ocorre comumente nas regiões metropolitanas.
  • Transumâncianesse tipo de migração, um grupo de pessoas muda de cidade, estado ou país por um determinado período, geralmente alguns meses, e continua tendo como referência de moradia o local de origem. É o caso de trabalhadores rurais que vão todos os anos para outros estados trabalhar no corte de cana-de-açúcar, por exemplo, e, encerrado o período de colheita, retornam para seus estados de origem.
  • Êxodo Rural: é o deslocamento de pessoas do campo para as cidades. Essa mudança é permanente e, geralmente, ocorre porque os habitantes do campo buscam na cidade melhores condições de vida. Entretanto, essa migração pode ser involuntária, quando acontece, por exemplo, em decorrência da mecanização do trabalho no campo.
  • Êxodo urbano: é mais raro de acontecer, mas é o oposto do êxodo rural. Acontece quando pessoas que vivem na zona urbana (cidades) mudam para a zona rural (campo).
  • Nomadismo: apesar de ser muito rara na atualidade, essa modalidade de migração é caracterizada pela ausência de fixação permanente. As pessoas nômades mudam de lugar periodicamente e não estabelecem moradia fixa em nenhum lugar.
  • Diáspora: é a rápida dispersão de um grupo populacional de um território. Em geral, essa migração é involuntária ou forçada. Temos como exemplos mais expressivos a diáspora africana (ocorrida por força da escravidão colonial) e a diáspora judaica (expulsão dos judeus da Palestina pelo Império Romano).



sábado, 1 de junho de 2019

Rede e hierarquia urbana!

1) Conjunto de cidades que mantêm entre si relações comerciais, financeiras, industriais, culturais, políticas, geralmente sob o comando de uma cidade que apresenta o mais desenvolvido e diversificado setor de prestação de serviços:
(a) rede urbana
(b) conturbação
(c) integração urbana
(d) movimentação urbana
2) A unificação de área urbana de duas ou mais cidades, em consequência do seu crescimento horizontal, recebe o nome de:
(a) cidadeficação
(b) metropolização
(c) conurbação
(d) união metropolitana
3) O termo “megalópole” refere-se:
(a) a pequena cidade
(b) a cidade litorânea
(c) a cidade do interior
(d) a grande cidade
4) Desde o início da industrialização do Brasil, ocorreu a concentração de atividade industrial e urbanização na Região:
(a) Nordeste
(b) Centro-oeste
(c) Norte
(d) Sudeste
5) Principalmente a partir da década de 1990, vem ocorrendo a atração de indústrias para fora da região sudeste em razão da intensificação de vantagens oferecidas por governos estaduais e municipais de outras regiões do Brasil, a chamada:
(a) êxodo econômico
(b) globalização industrial
(c) guerra fiscal
(d) distribuição industrial
6) O processo de favelização das cidades realiza-se em virtude:
a) da urbanização má planejada ou desordenada
b) da falta de empregos
c) da ausência de espaços nas cidades
d) da carência dos recursos públicos
e) da desinformação da população sobre a disponibilidade de empregos
7) A intensa e acelerada urbanização brasileira resultou em sérios problemas sociais urbanos, entre os quais podemos destacar:
a) Falta de infra-estrutura, limitações das liberdades individuais e altas condições de vida nos centros urbanos.
b) Aumento do número de favelas e cortiços, falta de infra-estrutura e todas as formas de violência.
c) Conflitos e violência urbana, luta pela posse da terra e acentuado êxodo rural.
d) Acentuado êxodo rural, mudanças no destino das correntes migratórias e aumento no número de favelas e cortiços.
e) Luta pela posse da terra, falta de infra-estrutura e altas condições de vida nos centros urbanos.
8) Nas grandes cidades brasileiras, a falta de moradia e o aumento do desemprego estão diretamente relacionados à existência de que tipos de habitação?
a) Favelas e condomínios.
b) Favelas e cortiços.
c) Mansões e vilas.
d) Vilas e bairros.
e) Lugarejos e condomínios.
9) Segundo a hierarquia urbana, as cidades mais importantes de um país, que comandam a rede urbana nacional, estabelecendo áreas de influência, correspondem aos (às):
a) centros regionais
b) cidades-dormitórios
c) metrópoles nacionais
d) capitais regionais
e) metrópoles regionais
10) Um conjunto de municípios contíguos e integrados socioeconomicamente a uma cidade central, com serviços públicos e infra-estrutura comuns, define a:
a) metropolização
b) área metropolitana
c) rede urbana
d) megalópole
e) hierarquia urbana




RELEVO!













1) “São as forças que atuam do interior para o exterior da Terra, provocando modificações na superfície terrestre. ”
O texto está dando a definição de
(a) Agentes internos do relevo
(b) Erosão eólica do relevo
(c) Erosão pluvial do relevo
(d) Agentes externos do relevo

2) O relevo é definido como a forma da superfície terrestre, podendo ser classificado de acordo com a variação de nível. Entre os fatores responsáveis por dar forma (modelar) ao relevo estão os vulcões, terremotos, clima, chuvas, geleiras, ventos, a ação do homem, entre outros. As principais formas de relevo existentes na Terra são
(a) Serras, Rios, Morros e Baixadas.
(b) planalto, planície, depressões e montanhas.
(c) planalto, serras e acidentes.
(d) planícies, depressões, acidentes e morros.

3) O relevo terrestre é resultante da atuação de dois conjuntos de forças denominadas agentes do relevo, que compreendem os agentes internos ou criadores do relevo e os agentes externos ou modificadores do relevo. Podemos considerar agentes externos
(a) as águas do mar, dos rios e das chuvas, o gelo, o vento e o homem.
(b) terremotos, vento e maremotos.
(c) o homem, a chuva e o terremoto.
(d) os movimentos das águas e os movimentos das placas tectônicas.

4) Relacione a segunda coluna de acordo com a primeira:
( 1 ) montanhas
( 2 ) depressões
( 3 ) planície
( 4 ) planalto
(___) É uma área geográfica caracterizada por superfície relativamente plana (pouca ou nenhuma variação de altitude). São encontradas, na maioria das vezes, em regiões de baixas altitudes.
(___) são relevos marcados pela variação de altitude, apresentando formas distintas, como serras, morros e chapadas
(___) são regiões geográficas mais baixas do que as áreas em sua volta.
(___) são grandes elevações da superfície terrestre, sendo consequência de fenômenos como atividade vulcânica, terremotos, etc. Esse tipo de relevo apresenta terreno bastante acidentado


5) Escreva (C) para certo e (E) para errado nestas afirmativas:
(___) Relevo são as diversas formas de terreno da superfície da terra.
(___) Relevo é o estudo dos rios, lagos e mares do continente.
(___)Epicentro de um terremoto corresponde à zona do interior da Terra onde ele se origina.
(___) Sismógrafos são aparelhos utilizados para detectar e medir a intensidade das ondas vibratórias causadas por um terremoto ou sismo.
(___) Há países que desenvolveram técnicas de construção de edifícios, pontes etc. para suportar terremotos.

6) É uma forma de relevo constituída por uma superfície elevada, com cume mais ou menos nivelado (planificado), geralmente devido à erosão eólica ou pelas águas.
O texto está se referindo a uma das características de
(a) Montanhas
(b) Planaltos
(c) Planícies
(d) Depressões

7) Vamos supor que estamos em uma praia do litoral brasileiro. A que forma de relevo corresponde à praia?

8) A cordilheira do Himalaia, localizada na Ásia, possui o ponto mais elevado do planeta Terra, o monte Everest, com 8.848 metros de altitude. Com base em seus conhecimentos, responda:
a) O que é uma cordilheira?
b) Que processo ou movimento dá origem a ela?

9) Qual desses abaixo, não é um agente interno:
(a) terremoto
(b) chuva
(c) vulcanismo
(d) movimentos das placas tectônicas.

10) Quando uma depressão tem altitude inferior ao nível do mar chamamos de:
(a) agentes esculturais
(b) pequena depressão
(c) depressão relativa
(d) depressão absoluta




terça-feira, 21 de maio de 2019

Geopolítica e Geografia Política





Geopolítica pode ser definida como o conjunto de ações e práticas realizadas no âmbito do poder, geralmente envolvendo os Estados Nacionais no sentido de promover o gerenciamento e o controle de seus territórios. No entanto, podemos perceber que essas relações muitas vezes vão além da própria noção de Estado, como a constituição de organizações regionais e mecanismos internacionais, a exemplo da ONU (Organização das Nações Unidas) e da OTAM (Organização do Tratado do Atlântico Norte), que constituem territórios supranacionais.

“Geopolítica” é o mesmo que “Geografia política”?
Apesar de essas duas formas de conhecimento serem geralmente encaradas de forma sobreposta e quase sempre se interseccionarem, podemos considerar que são ramos diferentes do saber. A diferença entre ambas as expressões encontra-se, grosso modo, na abordagem que cada uma realiza: enquanto a Geografia política preocupa-se com as relações e caracterizações espaciais relacionadas ao poder do Estado, a Geopolítica pauta-se nas estratégias e relações internacionais envolvendo os Estados, suas soberanias e relações de poder. Mas, como já ressaltamos, muitos vezes esses interesses se inter-relacionam, sendo difícil dizer onde termina uma abordagem e inicia-se a outra.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

População absoluta e relativa!



População absoluta

População absoluta é o total de habitantes de um determinado lugar. Esse número é obtido por meio de levantamentos gerais da população e pela contagem de todos os habitantes de uma cidade, país ou região.
No Brasil, a contagem da população absoluta fica a cargo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que realiza a cada dez anos o Censo Demográfico e, anualmente, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), que fornece ano a ano a estimativa da população absoluta na atualidade.
Os países com maior população absoluta são, respectivamente: ChinaÍndia, Estados Unidos, Indonésia e Brasil.

População relativa

Também chamada de densidade demográfica ou densidade populacional, é a razão entre a população absoluta de um determinado território e a área onde essa população está distribuída. Com essa informação, é possível conhecer e analisar a distribuição da população em uma determinada cidade, país ou região, identificando áreas mais e menos povoadas.
Encontrar a população relativa ou densidade demográfica de um dado território é simples. 

Veja o esquema a seguir:

POPULAÇÃO RELATIVA = POPULAÇÃO ABSOLUTA ÷ ÁREA (km²)
Exemplo: 

Brasil: 
População absoluta em 2016*: 206.081.432 
habitantes Área: 8.515.767,049 km2

População relativa = 206.081.432 habitantes ÷ 8.515.767,049 km2 População relativa 24,20 hab/km2 (habitantes por quilômetro quadrado)

Diferença entre populoso e povoado

Um país pode ser muito povoado e não ser necessariamente populoso. Essa confusão comum, quando nos referimos às questões da população, pode ser facilmente resolvida:

·         Populoso (população absoluta): é a quantidade total de habitantes de um determinado lugar.
·         Povoado (população relativa): refere-se à relação entre a população absoluta do local e a área por ela ocupada. É calculada por meio da divisão da população absoluta pela área ocupada.

Em síntese, o termo populoso relaciona-se com a população absoluta, isto é, o número total de habitantes. O termo povoado considera como as pessoas distribuem-se no território.
*Estimativa IBGE

Fonte: Mundo Educação.


terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Espaço Geográfico!




Espaço geográfico é um termo utilizado pela Geografia para caracterizar o lugar onde se realizam as modificações no meio ambiente feitas pelos humanos ao longo da história.
Este espaço foi transformado pela organização social, técnica e econômica daqueles que habitaram e habitam diferentes lugares. Ele também abriga todas as partes do planeta possíveis de serem analisadas, catalogadas e classificadas pelas especialidades da ciência geográfica.
Em termos gerais, o espaço geográfico se difere do espaço natural, pois este último não sofre as consequências das práticas econômicas, sociais, culturais e cotidianas presentes nas sociedades, que envolvem tanto o meio rural quanto o meio urbano.
Alguns geógrafos e estudiosos da área abordam conceitos diferentes para o espaço geográfico, como o de que ele é um conceito ligado a um local que nos é familiar ou que faz parte de nossa vida, e paisagem que é a porção do espaço que nossa visão alcança e é produto da percepção.
Em alguns casos, ele também é visto como uma espécie de “receptáculo”, um palco das atividades humanas; em outros, ele é concebido como uma conjunção de elementos da natureza, sendo também conceituado como reflexo e condicionante das práticas sociais.
Então, o espaço geográfico constrói-se destas transformações dos elementos naturais pelas práticas antrópicas, guardando com ele marcas históricas das civilizações e suas transformações ao longo do tempo, tendo em vista que novas construções e reconstruções estão sempre acontecendo, porém não de forma igualitária ao longo da extensão das sociedades.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Barão do Rio Branco!!!

Vídeo que apresenta a trajetória de Barão do Rio Branco!




Tratados Internacionais!


CAPITANIAS HEREDITÁRIAS, acessar o link a seguir:






TRATADO DE TORDESILHAS

O Tratado de Tordesilhas foi um acordo firmado em 4 de junho de 1494 entre Portugal e Espanha. Ganhou este nome, pois foi assinado na cidade espanhola de Tordesilhas. O acordo tinha como objetivo resolver os conflitos territoriais relacionados às terras descobertas no final do século XV.


O que estabelecia o Tratado de Tordesilhas


De acordo com o Tratado de Tordesilhas, uma linha imaginária a 370 léguas de Cabo Verde serviria de referência para a divisão das terras entre Portugal e Espanha. As terras a oeste desta linha ficaram para a Espanha, enquanto as terras a leste eram de Portugal.

 
TRATADO DE MADRI


O Tratado de Tordesilhas deixou de vigorar apenas em 1750, com a assinatura do Tratado de Madri, onde as coroas portuguesa e espanhola estabeleceram novos limites de divisão territorial para suas colônias na América do Sul. Este acordo visava colocar fim as disputas entre os dois países, já que o Tratado de Tordesilhas não havia sido respeitado por ambas as partes.

[...] o Tratado de Madri, assinado em 1750, impôs uma nova agenda à administração colonial portuguesa em relação às suas colônias na América, particularmente àquelas conquistadas no século anterior. Debatendo-se com a escassez de recursos, própria do período, a Metrópole teve de encontrar alternativas para povoar e tornar economicamente interessantes as vastas áreas que compreendiam todo o território ao Norte e a Oeste da América Portuguesa.(Coelho, 2016).

Da assinatura do Tratado de Tordesilhas (1494) à assinatura do Tratado de Madri (1750), os contornos do território português na América cresceram significativamente. Apesar da expansão agropecuária na região nordestina, foi a busca por metais preciosos e mão de obra indígena na região Centro-Oeste e a busca pelas chamadas Drogas do Sertão e mão de obra indígena na Amazônia que se constituíram elementos centrais da expansão territorial lusa em direção ao interior do vasto território. As operações de Entradas, Bandeiras, Guerras Justas, Resgates e Descimentos de Índios, empreendidas pelos portugueses desde o início da colonização, desempenharam papel central neste fenômeno. Além desses fatores, a evangelização dos índios foi um fenômeno igualmente importante. Muitos aldeamentos se tornaram verdadeiras instituições de fronteira.


sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

HINO DA GLOBALIZAÇÃO!!!

O HINO NACIONAL DA GLOBALIZAÇÃO

Num posto da Ipiranga as margens plácidas

De um Volvo heróico, Brahma retumbante

Skol da liberdade em Ridder fulgido

Brilhou no Shell da pártia nesse instante

Se o Knnor dessa igualdade.

Conseguimos conquistar com braço Ford

Em teu Seiko, Ó liberdade

Desafio o nosso peito a Microsoft

Ó Parmalat, Ó Mastercard

Sharp, Sharp

Amil de um sonho intenso, um rádio Philips

De amor a Lufthança a terra desce

Se em teu formoso céu risonho Olympikus

A imagem do Bradesco resplandece

Gillette pela própria natureza

És belo, Escort impávido colosso

Se o teu futuro espelha essa Grendene

Cerpa gelada

Entre outras mil, és Suvinil

Compac amada

Dos filhos desse Sollo, és mãe Doril

Coca-cola, Brombril.




KARAOKÊ


















Marca: Ipiranga
País de Origem: Brasil
Ramo: Posto de Combustível

Marca: Volvo
País de Origem: Suécia
Ramo: Automobilístico

Marca: Brahma
País de Origem: Brasil
Ramo: Cervejaria

Marca: Skol
País de Origem: Dinamarca
Ramo: Cervejaria

Marca: Rider
País de Origem: Brasil
Ramo: Sandálias (Calçados)

Marca: Shell
País de Origem: Holanda 
Ramo: Empresa Petrolífera

Marca: Knorr
País de Origem: Alemanha
Ramo: Alimentos industrializados

Marca: Ford
País de Origem: Estados Unidos
Ramo: Automobilístico

Marca: SEIKO
País de Origem: Japão
Ramo: Relógios

Marca: Microsoft
País de Origem: Estados Unidos
Ramo: Informática (Softwares)

Marca: Parmalat
País de Origem: Itália
Ramo: Alimentos

Marca: Master Card
País de Origem: Estados Unidos
Ramo: Cartão de Crédito

Marca: Sharp
País de Origem: Japão
Ramo: Eletrônico

Marca: Amil
País de Origem: Brasil
Ramo: Plano de Saúde

Marca: Philips
País de Origem: Holanda
Ramo: Eletrônico

Marca: Lufthansa
País de Origem: Alemanha
Ramo: Aviação

Marca: Terra
País de Origem: Espanha
Ramo: Comunicação

Marca: Intel
País de Origem: Estados Unidos
Ramo: Informática

Marca: Olímpicus
País de Origem: Brasil
Ramo: Vestuário Esportivo

Marca: Bradesco
País de Origem: Brasil
Ramo: Instituição Bancária (Financeiro)

Marca: Gillete
País de Origem: Estados Unidos
Ramo: Higiene e cuidados pessoais

Marca: Grendene
País de Origem: Brasil
Ramo: Calçados

Marca: Cerpa
País de Origem: Brasil
Ramo: Cervejaria

Marca: Suvinil
País de Origem: Brasil
Ramo: Materiais de Construção

Marca: Compaq
País de Origem: Estados Unidos
Ramo: Informática

Marca: Philco
País de Origem: Estados Unidos
Ramo: Eletroeletrônicos

Marca: Doril
País de Origem: Brasil
Ramo: Medicamentos

Marca: Coca Cola
País de Origem: Estados Unidos
Ramo: Refrigerantes/ Bebidas

Marca: Bombril
País de Origem: Brasil
Ramo: Limpeza e Higiene