sábado, 1 de junho de 2019

Rede e hierarquia urbana!

1) Conjunto de cidades que mantêm entre si relações comerciais, financeiras, industriais, culturais, políticas, geralmente sob o comando de uma cidade que apresenta o mais desenvolvido e diversificado setor de prestação de serviços:
(a) rede urbana
(b) conturbação
(c) integração urbana
(d) movimentação urbana
2) A unificação de área urbana de duas ou mais cidades, em consequência do seu crescimento horizontal, recebe o nome de:
(a) cidadeficação
(b) metropolização
(c) conurbação
(d) união metropolitana
3) O termo “megalópole” refere-se:
(a) a pequena cidade
(b) a cidade litorânea
(c) a cidade do interior
(d) a grande cidade
4) Desde o início da industrialização do Brasil, ocorreu a concentração de atividade industrial e urbanização na Região:
(a) Nordeste
(b) Centro-oeste
(c) Norte
(d) Sudeste
5) Principalmente a partir da década de 1990, vem ocorrendo a atração de indústrias para fora da região sudeste em razão da intensificação de vantagens oferecidas por governos estaduais e municipais de outras regiões do Brasil, a chamada:
(a) êxodo econômico
(b) globalização industrial
(c) guerra fiscal
(d) distribuição industrial
6) O processo de favelização das cidades realiza-se em virtude:
a) da urbanização má planejada ou desordenada
b) da falta de empregos
c) da ausência de espaços nas cidades
d) da carência dos recursos públicos
e) da desinformação da população sobre a disponibilidade de empregos
7) A intensa e acelerada urbanização brasileira resultou em sérios problemas sociais urbanos, entre os quais podemos destacar:
a) Falta de infra-estrutura, limitações das liberdades individuais e altas condições de vida nos centros urbanos.
b) Aumento do número de favelas e cortiços, falta de infra-estrutura e todas as formas de violência.
c) Conflitos e violência urbana, luta pela posse da terra e acentuado êxodo rural.
d) Acentuado êxodo rural, mudanças no destino das correntes migratórias e aumento no número de favelas e cortiços.
e) Luta pela posse da terra, falta de infra-estrutura e altas condições de vida nos centros urbanos.
8) Nas grandes cidades brasileiras, a falta de moradia e o aumento do desemprego estão diretamente relacionados à existência de que tipos de habitação?
a) Favelas e condomínios.
b) Favelas e cortiços.
c) Mansões e vilas.
d) Vilas e bairros.
e) Lugarejos e condomínios.
9) Segundo a hierarquia urbana, as cidades mais importantes de um país, que comandam a rede urbana nacional, estabelecendo áreas de influência, correspondem aos (às):
a) centros regionais
b) cidades-dormitórios
c) metrópoles nacionais
d) capitais regionais
e) metrópoles regionais
10) Um conjunto de municípios contíguos e integrados socioeconomicamente a uma cidade central, com serviços públicos e infra-estrutura comuns, define a:
a) metropolização
b) área metropolitana
c) rede urbana
d) megalópole
e) hierarquia urbana




RELEVO!













1) “São as forças que atuam do interior para o exterior da Terra, provocando modificações na superfície terrestre. ”
O texto está dando a definição de
(a) Agentes internos do relevo
(b) Erosão eólica do relevo
(c) Erosão pluvial do relevo
(d) Agentes externos do relevo

2) O relevo é definido como a forma da superfície terrestre, podendo ser classificado de acordo com a variação de nível. Entre os fatores responsáveis por dar forma (modelar) ao relevo estão os vulcões, terremotos, clima, chuvas, geleiras, ventos, a ação do homem, entre outros. As principais formas de relevo existentes na Terra são
(a) Serras, Rios, Morros e Baixadas.
(b) planalto, planície, depressões e montanhas.
(c) planalto, serras e acidentes.
(d) planícies, depressões, acidentes e morros.

3) O relevo terrestre é resultante da atuação de dois conjuntos de forças denominadas agentes do relevo, que compreendem os agentes internos ou criadores do relevo e os agentes externos ou modificadores do relevo. Podemos considerar agentes externos
(a) as águas do mar, dos rios e das chuvas, o gelo, o vento e o homem.
(b) terremotos, vento e maremotos.
(c) o homem, a chuva e o terremoto.
(d) os movimentos das águas e os movimentos das placas tectônicas.

4) Relacione a segunda coluna de acordo com a primeira:
( 1 ) montanhas
( 2 ) depressões
( 3 ) planície
( 4 ) planalto
(___) É uma área geográfica caracterizada por superfície relativamente plana (pouca ou nenhuma variação de altitude). São encontradas, na maioria das vezes, em regiões de baixas altitudes.
(___) são relevos marcados pela variação de altitude, apresentando formas distintas, como serras, morros e chapadas
(___) são regiões geográficas mais baixas do que as áreas em sua volta.
(___) são grandes elevações da superfície terrestre, sendo consequência de fenômenos como atividade vulcânica, terremotos, etc. Esse tipo de relevo apresenta terreno bastante acidentado


5) Escreva (C) para certo e (E) para errado nestas afirmativas:
(___) Relevo são as diversas formas de terreno da superfície da terra.
(___) Relevo é o estudo dos rios, lagos e mares do continente.
(___)Epicentro de um terremoto corresponde à zona do interior da Terra onde ele se origina.
(___) Sismógrafos são aparelhos utilizados para detectar e medir a intensidade das ondas vibratórias causadas por um terremoto ou sismo.
(___) Há países que desenvolveram técnicas de construção de edifícios, pontes etc. para suportar terremotos.

6) É uma forma de relevo constituída por uma superfície elevada, com cume mais ou menos nivelado (planificado), geralmente devido à erosão eólica ou pelas águas.
O texto está se referindo a uma das características de
(a) Montanhas
(b) Planaltos
(c) Planícies
(d) Depressões

7) Vamos supor que estamos em uma praia do litoral brasileiro. A que forma de relevo corresponde à praia?

8) A cordilheira do Himalaia, localizada na Ásia, possui o ponto mais elevado do planeta Terra, o monte Everest, com 8.848 metros de altitude. Com base em seus conhecimentos, responda:
a) O que é uma cordilheira?
b) Que processo ou movimento dá origem a ela?

9) Qual desses abaixo, não é um agente interno:
(a) terremoto
(b) chuva
(c) vulcanismo
(d) movimentos das placas tectônicas.

10) Quando uma depressão tem altitude inferior ao nível do mar chamamos de:
(a) agentes esculturais
(b) pequena depressão
(c) depressão relativa
(d) depressão absoluta




terça-feira, 21 de maio de 2019

Geopolítica e Geografia Política





Geopolítica pode ser definida como o conjunto de ações e práticas realizadas no âmbito do poder, geralmente envolvendo os Estados Nacionais no sentido de promover o gerenciamento e o controle de seus territórios. No entanto, podemos perceber que essas relações muitas vezes vão além da própria noção de Estado, como a constituição de organizações regionais e mecanismos internacionais, a exemplo da ONU (Organização das Nações Unidas) e da OTAM (Organização do Tratado do Atlântico Norte), que constituem territórios supranacionais.

“Geopolítica” é o mesmo que “Geografia política”?
Apesar de essas duas formas de conhecimento serem geralmente encaradas de forma sobreposta e quase sempre se interseccionarem, podemos considerar que são ramos diferentes do saber. A diferença entre ambas as expressões encontra-se, grosso modo, na abordagem que cada uma realiza: enquanto a Geografia política preocupa-se com as relações e caracterizações espaciais relacionadas ao poder do Estado, a Geopolítica pauta-se nas estratégias e relações internacionais envolvendo os Estados, suas soberanias e relações de poder. Mas, como já ressaltamos, muitos vezes esses interesses se inter-relacionam, sendo difícil dizer onde termina uma abordagem e inicia-se a outra.