domingo, 22 de março de 2015

Hidrografia da Ásia (texto e mapa)


HIDROGRAFIA DA ÁSIA



      A maioria dos rios nasce na parte central do continente. Devido às abundantes chuvas nas áreas de clima tropical e equatorial e ao derretimento da neve durante o verão que desce das cordilheiras, existem na Ásia grandes rios, de elevados índices pluviométricos.

      Os rios asiáticos têm uma importância muito grande para a vida da população dos lugares por onde correm, oferecendo alimento, água, energia elétrica e servindo como via de transporte. A cordilheira do Himalaia e o planalto do Tibete são os dois grandes centros dispersores de água do continente. Um dos seus rios mais importantes é o Ganges, que nasce no Himalaia e deságua no golfo de Bengala, onde forma o maior delta do mundo. Esse rio é de grande importância econômica: na época das cheias, suas águas fertilizam as terras por onde passa. Também é conhecido pelo seu significado religioso, onde os Hinduístas, para se purificar banham-se em suas águas. Há também o rio Yang- tse- kiang (ou rio Azul), o mais extenso do continente com 5.500 km de extensão. Nasce no planalto do Tibete e desemboca no mar da China. Também nasce no Tibete o rio Amarelo, com 5.200 km. Outro rio importante é o Indo, que assim como rio Azul e o rio Amarelo, nasce no Tibete, mas deságua no mar                Arábico. Sua canalização possibilitou a prática da agricultura nas terras secas atravessadas pelo seu curso. Na planície da Mesopotâmia correm os rios históricos Tigre e Eufrates, que deságuam no golfo Pérsico.

Mapa de regionalização da Ásia!


sábado, 21 de março de 2015

Alguns recursos minerais do Brasil!

Recursos minerais encontrados no Brasil

                 O Brasil é um país rico em recursos minerais. No subsolo brasileiro, podemos encontrar recursos minerais que se formaram há milhares e milhares de anos. Deve-se haver planejamento para a retirada desses recursos, pois uma vez extraídos do ambiente não podem ser repostos pelo homem.
4 principais recursos minerais

Petróleo

           Uma das maiores riquezas do subsolo brasileiro é o petróleo. Ele consiste em um líquido escuro e grosso, encontrado entre as rochas sedimentares. Sua origem ainda é incerta, alguns explicam como uma transformação de restos de animais e vegetais, e também de origem marinha. Essas rochas podem ser encontradas na terra e no mar. O petróleo para ser utilizado é necessário que seja refinado, de forma que dê origem a uma grande variedade de produtos como: gasolina, querosene, óleo lubrificante, nafta, gás de cozinha, óleo combustível.
         Outros produtos são fabricados pela indústria como a borracha sintética, o plástico, inseticidas, tecidos de fibras artificiais, tintas, explosivos, etc.
         No Brasil, as refinarias de petróleo pertencem à Petrobrás - Petróleo Brasileiro S/A - empresa do governo brasileiro que tem como objetivo pesquisar e explorar o petróleo no Brasil.

Carvão

         O carvão é um mineral que se origina da decomposição de resíduos vegetais de grandes florestas em determinadas regiões da crosta terrestre.
        É muito utilizado na indústria metalúrgica devido à liberação de grande quantidade de calor. Nas companhias siderúrgicas, gera combustível para os altos-fornos. Também é utilizado na produção de energia elétrica.

Xisto

        O xisto é uma espécie de rocha sedimentar, da qual se extrai o óleo. Esse óleo em alta temperatura transforma-se em betume. Dele, são obtidos também o enxofre e o querosene.

Ferro

        O ferro é um mineral retirado das minas, transportado para as usinas siderúrgicas e transformados em ferro e aço.  Em forma de ferro e aço são utilizados na fabricação dos meios de transporte, de automóveis, navios, aviões, pontes, edifícios, estruturas, etc.

Outros Metais

 

         Muito outros metais são encontrados no Brasil: o manganês, o cobre, o chumbo, a bauxita, o ouro e o urânio.

Manganês – é usado como mistura na fabricação do aço.

Cobre – é usado na fabricação de fios elétricos. Tem grande valor econômico e por esse motivo diversos assaltos ocorrem na rede elétrica deixando várias pessoas sem energia e causando grandes prejuízos aos cofres públicos.

Chumbo – é utilizado como protetor em sala de Raio-X para evitar a radiação. Também é utilizado como solda.

Bauxita – é o minério de onde é extraído o alumínio tão usado para utensílios domésticos e na fabricação de chapas.

Ouro - é um dos metais mais preciosos utilizado, principalmente, na fabricação de joias.

Urânio – é um minério radioativo. Utilizado para fabricação de energia e armas nucleares.
O Brasil já teve o maior garimpo a céu aberto do mundo localizado no coração da floresta amazônica, o garimpo de nome de Serra Pelada. Recebia homens todos os dias com suas picaretas e pás para exploração do ouro. Milhares de homens trabalhavam na mineração; usavam o mercúrio para localizar o ouro. O mercúrio contaminava a água e também intoxicava os garimpeiros que com o passar do tempo muitos morreram pela contaminação.


Recursos minerais na nossa vida!

Importância dos recursos minerais

   
 
 
Os bens minerais têm uma importância significativa para a sociedade, a tal ponto que as fases de evolução da humanidade são divididas em função dos tipos de minerais utilizados: idades da pedra, do bronze, do ferro, etc. Nenhuma civilização pode prescindir do uso dos bens minerais, principalmente quando se pensa em qualidade de vida, uma vez que as necessidades básicas do ser humano - alimentação, moradia e vestuário - são atendidas essencialmente por estes recursos.

Uma pessoa consome direta ou indiretamente cerca de 10 toneladas/ano de produtos do reino mineral, abrangendo 350 espécies minerais distintas. A construção de uma residência é um exemplo desta diversidade.
 
Sua casa vem da mineração
 
Elemento construtivo
Principais substâncias minerais utilizadas
tijolo
argila
bloco
areiabritacalcário
fiação elétrica
cobre, petróleo
lâmpada
quartzo, tungstênio, alumínio
fundações de concreto
areia, brita, calcário, ferro
ferragens
ferro, alumínio, cobre, zinco, níquel
vidro
areia, calcário, feldspato
louça sanitária
caulimcalcário, feldspato, talco
azulejo
caulimcalcário, feldspato, talco
piso cerâmico
argilacaulimcalcário, feldspato, talco
isolante - lã de vidro
quartzo e feldspato
isolante - agregado
mica
pintura - tinta
calcário, talco, caulim, titânio, óxidos metálicos
caixa de água
calcário, argila, gipsita, amianto, petróleo
impermeabilizante - betume
folhelho pirobetuminoso, petróleo
pias
mármore, granito, ferro, níquel, cobalto
encanamento metálico
ferro ou cobre
encanamento PVC
petróleo, calcita
forro de gesso
gipsita
esquadrias
alumínio ou ligas de ferro-manganês
piso pedra
ardósia, granito, mármore
calha
ligas de zinco-níquel-cobre ou fibro-amianto
telha cerâmica
argila
telha fibro-amianto
calcárioargila, gipsita, amianto
pregos e parafusos
ferro, níquel

Fonte: http://www.mineropar.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=28 

Minério de Ferro de Carajás!

Vídeo 01


_____________________________________


Vídeo 2


_______________________________________

Vídeo 3